Os defesas centrais Ricardo Silva e Fernando Varela já não se apresentam aos trabalhos da selecção nacional para o duplo compromisso com a África do Sul, assim como o atleta do Sporting B de Portugal Jovane Cabral.


A Federação Cabo-verdiana de Futebol justifica que Ricardo Silva (Paços de Ferreira, Portugal) e Fernando Varela (PAOK, Grécia), dois habituais titulares, não poderão apresentar-se ao trabalho devido a lesão, ao passo que fundamenta a ausência do atleta de Alvalade Jovane Cabral, por “motivos pessoais”.
Já o defesa Stopira, proveniente do Videoton, Hungria e Ponck, Aves, Portugal, só se reúnem ao grupo de trabalho na noite desta terça-feira, assim como o extremo Platini, Polithenic IASI, (Roménia), devido a problemas de ligações aérea.
Hélder Tavares (Tondela, Portugal), apresentou-se aos trabalhos, mas “está limitado fisicamente, tendo feito uma ecografia durante o dia”.
O treino dessa segunda feira contou com a participação de 11 dos 23 convocados, tendo o seleccionador, Lúcio Antunes, chamado cinco jogadores da equipa B, Admar, Kily, Blessed, Panduru e Dário Paiva que treinaram para colmatarem, temporariamente, as ausências
Os “Tubarões Azuis”, nome pelo qual é conhecida a selecção de Cabo Verde, substituíram o treino desta manhã inicialmente previstos para o Estádio Nacional, para os trabalhos de ginásio, tendo, entretanto, conservado o ensaio às 17:30, no Estádio Nacional.
Cabo Verde e África do Sul defrontam-se esta sexta-feira, 01, no Estádio Nacional, em jogo referente a terceira jornada do Grupo D de qualificação africana para o Mundial Rússia’2018, e quatro dias depois voltam a medir as forças no território sul-africano, em jogo referente a quarta ronda.
Inforpress