A Academia do Porto Novo desloca-se, sábado, à Região Norte de Santo Antão, onde vai defrontar, no Municipal João Serra, o Paulense, em jogo a contar para a terceira jornada do grupo B do campeonato nacional de futebol.


O treinador da Académica do Porto Novo, Gunga Fonseca, espera conseguir, nesse desafio, a primeira vitória na competição, apesar do adversário jogar em “casa” e necessitar também de vencer.
“Este jogo não foge à regra. Sabemos da nossa classificação, mas é possível conquistar os três pontos, apesar do nosso adversário jogar em casa e pensar também na vitória”, sublinhou o técnico do representante da Região Sul de Santo Antão.
Segundo o técnico dos vice-campeões nacionais, o facto de ambas as equipas, com apenas um ponto, precisarem de vencer vai permitir um jogo aberto, esperando que a Académica, com a sua experiência na prova, tire vantagem dessa situação.
Gunga Fonseca assegurou que a sua equipa está preparada para esse jogo que espera ganhar para continuar a pensar na passagem às meias finais da prova ranha do futebol cabo-verdiano a nível de clubes, competição em que a equipa porto-novense já esteve, por duas vezes, na final (2013 e 2016).
No outro jogo do grupo B, o Mindelense recebe, no Estádio Municipal Adérito Sena, no Mindelo, o Académico do Sal.
O Mindelense, campeão nacional em título, lidera este grupo com seis pontos, o Académico está em segundo lugar, com dois pontos, a Académica do Porto Novo e o Paulense têm ambos um ponto.
Fonte: Inforpress