O árbitro internacional António Rodrigues, do Conselho Regional de Arbitragem da ilha do Sal, foi o escolhido para dirigir a partida entre o campeão em título (Mindelense) e a vice-campeã, Académica do Porto Novo.


O jogo disputa-se domingo, 11, no estádio municipal do Porto Novo, pontuável para a 5ª jornada da prova, e o árbitro salense será auxiliado por Sílvio Lopes e Djery, sendo 4º árbitro Fredilson Rodrigues, de Santo Antão.
Ainda para o Grupo B, o jogo Paulense – Académico do Sal terá como árbitro central David Monteiro, da ilha do Fogo, sendo auxiliares Miguel Barbosa e João Pires, da mesma ilha, e 4º João Brandão, de Santo Antão.
No Grupo A, a partida AJAC da Calheta – Ultramarina de São Nicolau será dirigida por um trio da ilha da Boa Vista, chefiado por Ândrio Gomes, sendo assistentes, Rogério Cruz e Luís Duarte, e 4º árbitro Domingos Pereira, se Santiago Norte.
O Onze Unidos do Maio, por seu lado, recebe a formação do Vulcânico da ilha do Fogo, em jogo dirigido pelo por um trio de Santo Antão Sul, sendo árbitro principal Lenine Rocha, e assistentes Daniel Brito e Fredilson da Luz, e 4º arbitro Roberto Carlos, da ilha do Fogo.
Finalmente, para o Grupo C, também pontuável para a 5ª jornada da fase de grupos, para o jogo Sal-Rei – Sporting da Praia foi indicado um trio de São Vicente, constituído por Benvindo Fortes (árbitro principal), Osvaldo Fortes e Danielson Fortes (árbitros assistentes) e Rosito Almeida (4º árbitro), de Santiago Sul.
Para a partida Derby – Sporting da Brava, o trio viajou de Santiago Norte, sendo árbitro principal Ibrantino Tavares, e assistentes Admilson Sousa e Jailson Camblé, e 4º árbitro Carlos Monteiro.
Os jogos principiam às 16:00 e todos serão realizados no domingo, 11, devido ao facto de selecção nacional iniciar no sábado, 10, no estádio nacional, ante o Uganda, a fase de qualificação para a CAN 2019.
Fonte: Inforpress