O treinador da Académica do Porto Novo, Gunga Fonseca, considerou, hoje, que a sua equipa tem “qualidade e capacidade” para ganhar ao Mindelense, no jogo deste domingo, em Santo Antão-Sul, a contar para o campeonato nacional de futebol.


A Académica do Porto Novo, que na primeira mão perdeu, em São Vicente, por 2-1, frente aos campeões nacionais em título, encara o desfio deste domingo, em “casa”, a contar a para a quinta jornada do grupo B, como “uma oportunidade” para somar mais três pontos, segundo o Gunga Fonseca.
Os representantes de Santo Antão – Sul vêm de uma vitória (3-1) na ilha do Sal, frente ao Académico do Aeroporto, triunfo que, segundo o técnico, deu “um novo alento” à equipa que ainda tem a esperança de conseguir “o passaporte” para as meias-finais do nacional de futebol.
“É claro que a vitória frente ao Académico deu a minha equipa um novo alento e o jogo com o Mindelense, apesar de ser uma grande equipa, é mais uma oportunidade para somarmos mas três pontos”, avançou o treinador da Académica do Porto Novo.
Gunga garante que a sua equipa tem vindo a melhorar jogo a jogo e tem a obrigação, jogando no seu reduto, de estar, domingo, “motivada” frente ao Mindelense, que empatou (1-1) com o Paulense, em São  na quarta jornada.
No outro jogo do grupo B, o Paulense recebe, em Ponta do Sol (Santo Antão-Norte), o Académico do Sal.
Quando faltam ainda duas jornadas para disputar nesta primeira fase da prova, o Mindelense lidera o grupo, com dez pontos, seguido pela Académica do Porto Novo, com cinco pontos.
O Paulense e o Académico têm três e dois pontos, respectivamente.
Fonte: Inforpress