A Académica do Porto Novo e o Sporting da Praia empataram hoje a uma bola (1-1) no Estádio Municipal do Porto Novo, em jogo da primeira mão das meias-finais do campeonato nacional.


Ambos os golos surgiram já na final da partida, que foi marcada pela supremacia leonina na etapa inicial e pelo equilíbrio na segunda parte.
O Sporting marcou primeiro, aos 84 minutos, por intermédio do Tae, que havia entrado no lugar do kily, aos 74 minutos.
A Académica repôs a igualdade já no período de compensação através de uma grande penalidade, muito contestada pela equipa do Sporting, concretizada pelo avançado Fagui, que tinha entrado minutos antes no lugar do Xolote.
Ânimos exaltados marcaram a final da partida, registando-se ainda algum tumulto à porta do túnel do estádio, envolvendo jogadores leoninos e adeptos da Académica.
Gunga Fonseca, técnico dos representantes de Santo Antão – Sul, falou das dificuldades já esperadas que a sua equipa encontrou frente ao Sporting e considera que “está tudo em aberto” para a segunda mão das meias-finais, próxima semana, no Estádio da Várzea, na Cidade da Praia.
O Lito Aguiar, treinador do Sporting, mostrou-se agastado com a actuação do árbitro do jogo, Anacleto do Rosário (Sal), considerando inexistente a grande penalidade assinalada aos 91 minutos.
Lito, considera, no entanto, que Sporting é superior à Académica e disse não ter dúvidas de que, no seu reduto, a equipa leonina acabará por resolver esta eliminatória.
Fonte: Inforpress