O técnico do Sporting Clube da Praia disse que equipa leonina vai ser igual a si própria, “sempre com a mentalidade ganhadora”, para vencer o campeonato nacional, “venha quem vier” , para “trazer a taça para a Cidade da Praia”.


No final da vitória de 1-0 desta tarde,  ante a Académica do Porto Novo, resultado com que se qualificou a equipa leonina para a final, Aguiar disse que a sua equipa estava convicta em como a “Micá” vinha com tudo, mas que a sua equipa foi um verdadeiro guerreiro e que chega à final com toda a justiça.
Na sua época de estreia como treinador principal, o antigo capitão da selecção de Cabo Verde que abraça a equipa técnica leonina, depois da sua primeira época como treinador adjunto, afirma que lhe falta colocar a cereja no topo do bolo e que almeja trazer a Taça para a Cidade da Praia.
Sublinhou que vai fazer tudo para conquistar a final, por entender que “a Cidade da Praia bem merece”.
O técnico leonino aproveitou a oportunidade para destacar a forma com a Académica do Porto Novo rendeu cara a derrota e, ao mesmo tempo, parabenizar os espectadores que estiveram a torcer pela formação de Santiago.
Enquanto isto, o treinador Gunda Fonseca, da Académica do Porto Novo, mostrou-se aparentemente abatido por este desaire e pela forma como faltou o assalto à final, alegando mesmo que não foi nada fácil formar o seu onze titular, dada ás mazelas que condicionaram alguns dos jogadores, inclusive o seu médio ofensivo Oceano.
Fonseca fez questão de enaltecer a forma como os jogadores da Académica deram tudo ante o Sporting,  que, a seu ver, contou com forte apoio do seu público para vencer o jogo, tendo reconhecido que a formação leonina se mostrou forte e bem entrosada.
Afirmou que a Académica, vice-campeão de Cabo Verde, perdeu mais uma grande oportunidade de conquistar um título para a ilha de Santo Antão, mas que não deita a toalha ao chão, pelo que continua a sonhar conquistar um título nacional com esta equipa.
Fonte: Inforpress