O treinador do Mindelense, Rui Alberto Leite, um dos finalistas do campeonato de Cabo Verde em futebol, disse hoje que a sua equipa vai jogar para vencer pelo Mindelense, por São Vicente e pela região norte.


A final disputa-se este sábado, no Estádio Municipal do Porto Novo (Santo Antão), e o Mindelense terá pela frente a formação da Académica da Praia.
À Inforpress, no Mindelo, o treinador referiu que a sua equipa, que viaja sexta-feira, 01, para Santo Antão, encontra-se “focada” no jogo e que, tratando-se de uma final, em que tudo vai ficar decidido, a equipa terá que encarar a partida “com todo o empenho e vontade” para trazer o título, mais uma vez, para São Vicente.
“Vamos jogar para vencer pelo Mindelense, por São Vicente e pela região norte, porque o adversário também quererá fazer o mesmo”, reforçou Rui Alberto Leite que, para o jogo de sábado, tem apenas um futebolista impedido, na circunstância o médio Fredson, por castigo.
Sobre o adversário, o treinador do Mindelense classificou a equipa da Académica da Praia de “valiosa” e com um leque de futebolistas que joga junto há algum tempo.
“Muitos deles transitaram do Sporting da Praia para a Académica, têm um conhecimento como equipa, são fortes, e depois há ainda a motivação por estar na final”, ajuntou Rui Alberto Leite.
Sobre o apoio que espera do público no municipal do Porto Novo, concelho da ilha vizinha de São Vicente, a uma hora de barco, o treinador do Mindelense referiu que o público é sempre o 12º jogador, mas que “não chega”.
“Temos que que fazer a nossa parte dentro das quatro linhas porque contar só com o apoio do público não serve de nada se não fizermos a nossa parte”, concluiu o técnico que espera um jogo em que reine o fair-play dentro e fora das quatro linhas.
A final do campeonato de Cabo Verde em futebol, época 2017/2018, que principia às 15:30 deste sábado, será dirigida por um trio de arbitragem da Ilha do Sal, liderado por António Rodrigues, coadjuvado pelos árbitros assistentes Djery Lopes e Edmilson Tavares, sendo quarto árbitro Lenine Delgado, da região desportiva sul de Santo Antão.
Para chegar à final, o Mindelense deixou pelo caminho o Palmeira (Sal), nas meias-finais, ao passo que a Académica da Praia eliminou o Foguetões (Santo Antão Norte).
Dados disponibilizados pelo Mindelense na página oficial do clube nas redes sociais indicam que o clube, que no próximo ano comemora o 100º aniversário, ostenta 50 títulos regionais e 21 campeonatos de Cabo Verde.
Inforpress