A equipa da Académica da Praia viajou na madrugada de hoje para São  Vicente de onde seguiu para a cidade de Porto Novo, Santo Antão, informa a Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), em comunicado.


A FCF esclarece, no entanto, que toda a logística foi montada e preparada para que a Académica da Praia chegasse a São Vicente na tarde de quinta-feira, 31.
“Entretanto, por questão de transporte, que envolve a Binter, e alheios a FCF, não foi possível que a Académica viajasse na quinta-feira como foi planeado, com vários dias de antecedência”, lê-se no comunicado enviado à Inforpress.
A comitiva da Académica da Praia viajou num avião da Binter às 06:15, pelo que já está em São Vicente, e devia sair do aeroporto Cesaria Évora directamente para o cais para embarcar para Santo Antão.
“A chegada ao Porto Novo estava prevista para às 09:00, ou seja uma hora depois do previsto no programa, pelo que não atrasa muito a logística preparada pela organização”, aponta a FCF, no comunicado que vimos citando.
A final do campeonato de Cabo Verde em futebol, época 2017/2018, entre Mindelense e Académica da Praia principia às 15:30 de sábado, 02, no Estádio Municipal do Porto Novo.
O jogo será dirigido por um trio de arbitragem da Ilha do Sal, liderado por António Rodrigues, coadjuvado pelos árbitros assistentes Djery Lopes e Edmilson Tavares, sendo quarto árbitro Lenine Delgado, da região desportivo sul de Santo Antão.
Para chegar a final,  o Mindelense deixou pelo caminho o Palmeira (Sal), nas meias-finais, ao passo que a Académica da Praia eliminou o Foguetões (Santo Antão Norte).
A Académica da Praia vai a procura do seu primeiro título nacional, enquanto o Mindelense, que no próximo ano comemora o 100º aniversário, de acordo com dados disponibilizados pelo clube na página oficial nas redes sociais, ostenta 21 títulos de campeão de Cabo Verde.
Inforpress