A equipa do   Académico 83 venceu hoje, no estádio municipal do Maio, a sua adversária, o  Sporting da Brava por 2 bolas a 0, na abertura do campeonato nacional de futebol a contar para o grupo B.


Segundo o treinador do Académico 83, Fernando Jorge da Graça,   a sua equipa estando a jogar em casa sabia que devia entrar bem na partida e fazer o jogo que lhe cabia, por isso a vitória é um resultado merecedor, todavia, reconheceu que na segunda metade do jogo a sua equipa não esteve tão bem como na primeira.

O treinador do Académico 83 disse ainda que a sua equipa, apesar de permitir que  o adversário jogasse na segunda etapa da partida,  esteve sempre no controlo do jogo, pelo que agora é preparar da melhor forma para trazer  pontos de São Nicolau frente à Ultramarina.

Por seu lado, o jogador Fufuco considerou uma “falta” de respeito para com o Sporting da Brava que chegou à ilha do Maio, por volta das 19:00, não podendo realizar um treino antes da partida.

Sublinhou que saíram da Brava desde quinta-feira e só conseguiram  chegar ao Maio, quase às  19:00,  sabendo que tinham calendarizado primeiro o jogo para domingo depois mudaram para sábado.

De todo modo, aquele atleta disse que a sua equipa vai se manter firme para fazer uma “boa” representação nesta prova. Deco também jogar do Sporting da Brava afiançou que a viagem foi longa não puderam treinar, mesmo assim reconheceu que a equipa adversária foi mais eficaz, embora na segunda parte estiveram melhor na partida e mostraram um pouco do futebol que praticam, pelo que no próximo jogo em casa promete que vão trabalhar para vencer.

“Agora é trabalhar para a Taça de Cabo Verde no jogo em casa frente à Académica e vamos fazer de tudo para vencermos esta partida e continuar com a mesma determinação para o jogo do campeonato nacional”, frisou.
Inforpress