A Associação Académica do Porto Novo ganhou hoje, em “casa”, a Académica da Praia por 2-1, em jogo a contar para a quarta jornada do Grupo A do campeonato nacional de futebol.


A Académica do Porto Novo, que vinha de três empates, conseguiu, assim, a sua primeira vitória na competição, isolando-se na segunda posição do grupo, a dois pontos do líder Mindelense.
Depois de uma primeira parte sem grandes oportunidades de golo, o jogo teve uma segunda etapa muito disputada, com a Académica do Porto Novo a adiantar-se no marcador, aos 51 minutos, por interveio do Xolote.
Aos 64 minutos, a Académica da Praia desperdiçou uma grande penalidade, por Kili, mas a “micá” da capital viria a empatar a partida no minuto seguinte, por intermédio do Panduru.
Os representantes de Santo Antão – Sul marcaram o golo da vitória aos 83 minutos, por Denis.
Nilton César, adjunto da equipa porto-novense, disse que foi “um jogo difícil” frente aos campeões nacionais em título, mas foi “uma vitória merecedora” da sua equipa, que continua na luta pela qualificação às meias-finais da maior prova a nível de clubes, em Cabo Verde.
Para o técnico da Académica da Praia, Tutusca, tratou-se de “um jogo ingrato” para a formação praiense, que teve o controle das operações, mas que, “por infelicidade”, acabou por perder o desafio.
A Academia da Praia, para as duas jornadas que faltam ainda para a conclusão da primeira fase do campeonato, vai procurar, segundo o seu treinador, vencer os jogos que restam e “dignificar do nome” da equipa campeã nacional.
No outro jogo do grupo A, o Mindelense venceu, no Mindelo, a Académica do Fogo, por 1-0.
A equipa vice-campeã nacional lidera com oito pontos, seguido pela Académica do Porto Novo, com seis pontos.
A Académica do Fogo ocupa o terceiro posto, com três pontos, estando a congénere da Praia em última posição, com dois pontos.
Inforpress