O treinador do Celtic da Praia, Humberto Bettencourt, assumiu todas as responsabilidades pelo clube ter ficado pela fase de grupos no campeonato Nacional de futebol.



“Concluída a nossa participação no Campeonato Nacional de Futebol, ficando pela fase de grupos, enquanto treinador principal do Celtic da Praia, assumo todas as responsabilidades. Pois, apesar de termos dado o máximo para estar nas meias finais, tal desejo não se efetivou conforme o planeado porque no futebol muitas vezes dar o nosso máximo, por si só não chega.”, disse o treinador  na sua página do Facebook.

O treinador aproveitou para “agradecer os jogadores pelo empenho e dedicação, à direção pela confiança, suporte e condições excecionais que nos deram, aos adeptos pelo apoio incondicional e também pelas criticas que considero positivas, mesmo não sendo por vezes bem intencionados, aos meus colegas da equipa técnica (Treinadores, Fisioterapeuta, Massagista e Técnico de Equipamentos) pela disponibilidade, empenho e dedicação e, por fim, agradecer a minha família pelo suporte que me tem dado não só esta época mas sim ao longo da minha careira, sendo o meu amparo em todos os momentos e circunstancias.”

Para terminar “queira parabenizar os Treinadores cujo as suas equipas conseguiram passar às meias finais, especialmente aos que fizeram parte do nosso grupo, desejando a todos boa sorte no que resta do campeonato nacional.” , continuou.
“Uma palavra de apreço aos Treinadores cujo as suas equipas não conseguiram atingir os seus objetivos, que continuem a acreditar porque o futuro constrói-se através de sonhos.
Um muito obrigado a todos”, concluiu o treinador.

A equipa da Achadinha Baixo, campeã regional de futebol Santiago Sul, época desportiva 2018/19, que estreou-se no campeonato nacional, ficou no terceiro lugar do grupo C com 9 pontos. Oásis ficou no topo da tabela com 11 pontos, seguido do Onze Estrelas com 10. Já o Varandinha ficou no ultimo posto com 2 pontos.

ADP