Campeonato de Cabo Verde

 
O resultado do encontro sábado na Cidade da Praia convocado pela direcção da Federação Cabo-verdiana de Futebol, envolvendo as equipas do Mindelense, Ultramarina, Sporting da Praia e respectivas associações regionais está “confuso” e envolto em polémica.



A Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) convocou os presidentes do Ultramarina, Mindelense e Sporting da Praia para uma reunião no próximo sábado, dia 5, na cidade da Praia.

 
 
A direcção do Mindelense assumiu publicamente, hoje, disposição de ir até “às últimas consequências” em todo esse “indesejado e mal conduzido” processo que leva à indefinição das meias-finais do campeonato de Cabo Verde, em futebol.


O Mindelense desistiu de disputar as meias-finais do campeonato Nacional 2017 contra a Ultramarina de São Nicolau.


A direcção da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) espera pelo “término dos prazos de contencioso” do acórdão do Conselho de Justiça que manda arquivar o processo que opõe a Ultramarina ao Mindelense, para tornar pública a sua posição.


 
A Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) decidiu repetir os dois jogos das meias-finais do campeonato nacional entre Ultramarina de São Nicolau e Mindelense de São Vicente, mas as duas equipas estão contra e ameaçam não jogar.


 
O Sporting Clube da Praia considera-se indisponível para disputar qualquer um dos dois jogos da final do campeonato nacional de futebol depois de 31 de Julho, mas livre para jogar no meio da semana, antes desta data.


 
A direcção do Sporting da Praia vai entrar, no próximo mês de Setembro, com um processo junto da Procuradoria de Justiça exigindo que a equipa seja indemnizada pelos prejuízos que acumulou enquanto aguardava pela decisão sobre o seu adversário ao jogo da final.


O Conselho de Disciplina da Federação Cabo-verdiana de Futebol, considerou “improcedente” o processo instaurado ao Ultramarina em relacção ao jogo da primeira mão das meias-finais do campeonato nacional de Cabo Verde, em São Nicolau, “inviabilizado pela falta de chaves dos portões do Estádio”.


 O Conselho de Justiça da Federação Cabo-verdiana de Futebol negou provimento ao recurso apresentado pelo Club Sportivo Mindelense contra o Conselho de Disciplina, em relação às meias-finais do campeonato nacional que opõe ao Ultramarina.


A direcção do Futebol Clube Ultramarina, São Nicolau, contesta o processo a que foi instaurado pela Federação Cabo-verdiana de Futebol sobre a não realização do jogo da primeira mão das meias-finais e pede a sua nulidade e arquivamento.