A selecção cabo-verdiana de futebol regressa esta tarde ao Estádio Nacional, para o segundo dia dos trabalhos de preparação visando a recepção sábado ao Burkina Faso, em jogo da segunda jornada de qualificação para o Mundial’2018.


Na tarde desta segunda-feira, 15 dos 22 jogadores convocados pelo seleccionador Lúcio Antunes para esta partida apresentaram-se aos trabalhos no relvado do Estádio da Várzea, onde a equipa nacional procurou reconquistar o calor e apoio do público, enquanto 12º jogador.
Os restantes seleccionados, de acordo com o timoneiro nacional, deverão apresentar-se hoje, dado as contingências dos seus clubes, uma vez que alguns jogaram no domingo nos respectivos campeonatos.
Lúcio Antunes disse que a estratégia está concertada para este jogo e que Cabo Verde só tem pensamento na vitória, independentemente do valor da equipa adversária, que o mesmo classifica de “muito boa e bem organizada”.
“A motivação é alta, os jogadores estão dispostos a dar a volta aos últimos resultados. Cabo Verde parte confiante para levar de vencida a equipa adversária, para evitar qualquer surpresa no seu reduto”, adiantou Lúcio Antunes.
Admitiu que o público tenha estado de costas voltadas para a selecção porque “a equipa não tem estado a ter uma boa prestação nos últimos jogos”, mas afirmou que a ambição e perspectiva “é grande” e que fez questão de levar a selecção à Várzea para que os atletas voltem a sentir o calor dos adeptos.
O jogo Cabo Verde x Burquina Faso, referente a segunda jornada do Grupo D de qualificação para Mundial’2018 na Rússia, realiza-se sábado às 16:00 no Estádio Nacional, em Monte Vaca.
Fonte: Inforpress