O guarda-redes titular da selecção cabo-verdiana, Vozinha, garantiu hoje estar preparado para contrariar as ofensivas contrárias e que a selecção está com um espírito de equipa alegre, motivado e com argumento suficiente para atingir o objectivo.


Disse estar mais preocupado com a forma de defender da equipa nacional do que a formação adversária, salientando que “se Cabo Verde defender bem, os atacantes de Burkina Faso não terão muitas chances de chegar ao golo”.
Mostrou ser um conhecedor da forma de jogar da equipa do Burkina Faso, pois entende que ela procura ter a bola em sua posse, que prefere jogar mais na contra-ofensiva, porquanto conta na sua linha de frente com jogadores capazes de desequilibrarem, individualmente.
“Burkina é uma equipa forte, mas nós temos de focalizar na nossa forma de jogar. Eles têm argumentos, mas nós temos o nosso ponto forte e vamos tentar fazer o nosso jogo para atingir o nosso objectivo”, atesta Vozinha, que se mostra esperançado em regressar às vitórias, quanto mais não seja em casa, numa qualificação na qual apenas o vencedor do grupo apura-se para o Mundial.
Cabo Verde x Burkina Faso realiza-se às 16:00 de sábado no Estádio Nacional e conta para a segunda jornada do Grupo D de qualificação para Mundial’2018 e vai ser dirigido por uma equipa de arbitragem da Mauritânia.
No outro jogo deste Grupo D de qualificação Africana para Mundial’2018, a África do Sul recebe o Senegal, líder desta poule.
Fonte: Inforpress