Os internacionais cabo-verdianos Babanco e Vally, titulares na vitória de Cabo Verde frente à África do Sul (2-1), estão fora dos planos da equipa técnica para o jogo desta terça-feira, em Durban, de qualificação para Mundial’2018.


Babanco, um dos capitães dos “Tubarões Azuis”, nome por que é conhecida a selecção nacional, está castigado pelo facto de ter sido admoestado com o segundo cartão amarelo nesta fase de qualificação.
O médio Vally, defesa que milita no (Progresso Luanda Sul, Angola), por seu lado, está a contas com uma lesão sofrida nessa partida de sexta-feira no Estádio Nacional.
Quem também está fora das opções do seleccionador nacional, Lúcio Antunes, para este jogo de terça-feira, 5, referente a quarta jornada do Grupo D de qualificação Africana para ao Mundial’2018, é o Nuno Jóia, jogador do Stransbourg, França, que teve de deslocar-se à França, justificado pela Federação Cabo-verdiana de Futebol, pelo facto de a “mulher entrar em trabalho de parto”.
A comitiva cabo-verdiana está hospedada no AHA Royal Palm Hotel, em Durban (África do Sul), e tem agendado dois treinos em solo sul-africano, sendo um neste domingo à tarde e outro na segunda-feira à noite.
O jogo África do Sul – Cabo Verde disputa-se às 19:00 locais (16:00 de Cabo Verde) desta terça feira, 05, no Estádio Moses Mabhida.
Para o outro jogo deste grupo, a equipa nacional de Burkina Faso recebe, em Ouagadougou, a sua similar do Senegal.
Burkina Faso lidera o grupo com cinco pontos, seguida do Senegal e África do Sul com quatro pontos cada.
Cabo Verde ocupa o quarto lugar com três pontos.
Inforpress