O atacante Ismaila Sarr (Rennes) é baixa confirmada na selecção do Senegal para o jogo do dia 07 Outubro com Cabo Verde e vai parar  por três meses, conforme noticia hoje a Agência de Notícias do Senegal (APS).



A mesma fonte acrescenta ainda que o jogador vai ser submetido a uma operação cirúrgica e que volta a competir em 2018, falhando, assim, os três últimos jogos da selecção da Senegal neste apuramento para o Mundial da Rússia, este com Cabo Verde e mais dois com a África do Sul.

O jogador de 19 anos  já fez quatro jogos a titular nesta fase africana de qualificação, tendo apontado   um golo no empate a duas bolas no jogo Senegal – Burkina Faso, em jogo a contar para a quarta jornada.

Para substituir esses dois jogadores a imprensa senegalesa aposta em Mbaye Niang do Torino (Itália), jogador que se estreia assim na convocatória do seleccionador, depois de ser considerado uma das grandes promessas do futebol francês.

Pertence aos quadros do AC Milão desde 2012, depois de ser comprado ao Caen da França, e na época passada esteve emprestado ao Watford (Inglaterra), onde acumulou 16 jogos e marcou dois golos.

A chegada da selecção do Senegal a Cabo Verde está marcada para 05 de outubro e o jogo para o dia 07, às 16:30, no Estádio Nacional, na Cidade da Praia.

O árbitro egípcio Grisha Ghead foi escolhido pela FIFA para dirigir o Cabo Verde – Senegal e será assistido por Redouane Achik, de Marrocos, e Waleed Ahmed Ali, do Sudão.

O papel do quarto árbitro estará ao cargo do também egípcio Mohamed Maarouf Eid Mansour, ao passo que o seychelles Jean Claude Labrosse foi designado para as funções de árbitro assessor, sendo Malek Ali, de Alegria, o comissário do jogo.

No outro jogo deste grupo a África do Sul recebe o Burkina Faso.
Inforpress