O internacional cabo-verdiano Platini vai regressar ao Poli Iasi, da Roménia, clube que representou na época passada, depois de uma curta passagem pelo campeonato iraniano, ao serviço do Sanate Naft Abadan.


A informação foi confirmada à Inforpress pelo próprio jogador, que vai se juntar à equipa esta sexta-feira para preparar o jogo do próximo domingo contra o Viitorul Constanta,  a contar para a oitava jornada da liga romena.
Na sua primeira passagem pelo Poli Iasi, Platini fez 33 jogos e marcou sete golos e foi o terceiro melhor marcador da equipa.
Na “aventura iraniana”, o jogador fez cinco jogos em igual número de jornadas, não tendo apontado qualquer golo.
Luís Carlos Almada Soares, nome próprio de Platini, começou a jogar no Sporting da Praia e em 2008 viajou para Portugal, onde representou as equipas do Tourizense, Sertanense e Santa Clara, esta última dos Açores.
Em 2013 mudou-se para o Omonia de Chipe e no ano seguinte assinou com o CSKA de Sofia, da primeira liga búlgara, onde fez 25 jogos e marcou apenas um golo.
Depois de passagens fugazes por Ittihad Alexandria, no Egipto, e Dibba Al Hisin, na Arábia Saudita, Sanate Naft Abadam, do Irão, Platini regressa assim ao clube romeno.
É o autor do primeiro golo de Cabo Verde numa fase final do Campeonato Africano das Nações no empate a uma bola com Marrocos, na competição realizada em 2013, na África do Sul.
Inforpress