O cabo-verdiano José Custódio, médio do Águias do Moradal, de Portugal foi uma das figuras do Campeonato de Portugal ao apontar dois golos a Márcio Paiva, guarda-redes do União de Leiria que ainda não tinha sofrido qualquer golo esta temporada.



De acordo com José Custódio o resultado final não foi o desejado pela sua equipa que perdeu o jogo por 6-2, mas admite que no final da partida teve a noção que fez golos a um guarda-redes que tinha estado invicto durante 11 partidas consecutivas, algo que tinha vindo a ser destacado pela comunicação social de Portugal, “ lógico que fico contente por ser o primeiro a conseguir marcar golos ao Márcio Paiva”.

O atleta de 29 anos fez toda a carreira em Portugal - União da Madeira, Camacha, Sertanense e Águias do Moradal, e ainda sonha em jogar na seleção de Cabo Verde.

“Penso representar Cabo Verde, porque tenho o sonho de um dia poder representar o meu país. Além disso, tenho o objetivo de continuar a trabalhar diariamente para um dia poder jogar nos campeonatos profissionais”, afirma José Custódio.
VA