Aconteceu, no Pavilhão Multiusos de Odivelas, o “European IBJJF Jiu-Jitsu Championship”, uma prova europeia da modalidade, sob a égide da Federação Internacional de Jiu-Jitsu.


Este campeonato é uma organização da Federação Portuguesa de Jiu-Jitsu Brasileiro, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Odivelas, Portugal, trazendo ao Concelho de Odivelas cerca de quatro mil atletas, de 75 países.

E uma dessas atletas é Vanessa Pereira, a “papa medalhas”, alcunha que lhe foi atribuída e que corresponde realmente à verdade. Vanessa tornou-se pentacampeã europeia de Jiu-Jitsu, no início de 2019, em janeiro e, para além desse feito, a lutadora tornou-se também na única portuguesa e caboverdiana a conseguir alcançar tal título.

Depois de ter conquistado mais duas medalhas ao longo do ano passado, agora em 2020, praticamente na mesma altura, a profecia repete-se. Vanessa sagrou-se no dia 24 de janeiro, pela sexta vez Campeã Europeia e na primeira atleta feminina de Jiu-Jitsu faixa preta cabo-verdiana.

A atleta foi graduada após a final da luta ainda com faixa castanha. ”Ainda vem muita coisa boa por ai, mas posso dizer que foi o dia mais feliz da minha vida, ser graduada em casa onde vivi tantas emoções. 7 anos disto , 7 anos de crescimento, muito feliz, obrigado mestre por acreditar em mim @karkarabjjsuisse e nunca ter desistido, já vivemos tanta coisa boa, estamos juntos nesta nova etapa. Obrigado a cada um de voces que esteve e sempre está comigo. Muito feliz mesmo”, afirmou Vanessa Pereira em exclusivo à BANTUMEN, acerca da vitória que teve lugar em Portugal, juntos dos seus amigos e familiares.

Relembramos ainda que a lutadora, que festeja neste momento a sua conquista, encontra-se no topo da lista do ranking mundial de Jiu-Jitsu e não quer parar por aqui. Quer ir mais longe, por isso treina de forma intensa para chegar onde quer chegar, desde a luta à criação da sua escola onde quer treinar outras crianças.
Bantumen