Futebol África: Argélia acolhe a sétima edição do CHAN


O presidente da Confederação Africana de Futebol (CAF), Ahmad Ahmad, entregou simbolicamente a bandeira da instância ao embaixador argelino nos Camarões, Merzak Bedjaoui, representante do país organizador da séti-ma edição do Campeonato Africano das Nações para jogadores internos (CHAN) em 2022.


Contrariamente ao que estava previsto com o arranque agendado para o início de 2022, a próxima edição foi adiada para Janeiro de 2023 a fim de evitar a sobreposição com o CAN 2021, retardado para o início de 2022.

As cidades de Annaba, Constantine, Argel (Stade 5 Juillet), Oran e Blida (Stade Mustapha Tchaker) foram designadas para albergar os jogos da competição.

Ausente da recente edição e com um histórico de uma presença nas finais, em 2009, a Argélia tem grande desafio para brilhar em casa. Para esse propósito, o antigo capitão dos verdes, Madjid Bougherra, foi nomeado seleccionador em Junho passado e tem dois anos para cumprir a missão.

A última edição do CHAN foi ganha pelo Marrocos, que derrotou no jogo da final, no Estádio Amadou Ahidjo, em Yaoundé, Camarões, o Mali por duas bolas a zero.
Jornaldeangola


Print   Email