Futebol África: Filho de Eto’o desafia feitos do progenitor


Etienne Eto'o Pineda, 18 anos, pretende ser uma grande estrela da selecção camaronesa nos próximos tempos, conforme seu pronunciamento feito durante uma breve entrevista que concedeu ao site da CAF no decurso do Campeonato Africano das Nações (CAN) de Sub-20 que decorre na Mauritânia desde o passado dia 14 de Fevereiro, prova em que o seu país está à procura de conquistar o segundo título no seu historial, depois de 26 anos de jejum.



Na entrevista, o jovem, filho do craque camaronês Samuel Eto’o, enalteceu antes de mais a figura de seu pai, de quem diz ter sido influenciado."Meu pai teve uma grande influência na minha vida, porque sempre o admirei e quero aprender com ele e seguir os seus passos. Sempre quis ser como ele ", disse o atacante do Real Oviedo de Espanha.

Etienne Eto'o Pineda foi mais longe ainda, manifestando a intenção de fazer melhor que os feitos conseguidos pelo seu progenitor no mundo de futebol."Quero tentar ser melhor do que ele e estou sempre ansioso para entrar em campo e dar o meu melhor. Mesmo sabendo que é difícil ser melhor do que meu pai, quero trabalhar duro para ter sucesso como ele. Ele está sempre lá para me apoiar e me dar conselhos”, disse a jovem promessa camaronesa. O jogador do Real Oviedo da Espanha foi lançado aos olhos dos seus fanáticos africanos na terceira jornada da fase de grupos do CAN Sub-20, pelo treinador dos Leõezinhos Indomáveis, Christophe Ousmanou, que se pressupõe não se ter arrependido dessa aposta.

Para garantir maior confiança em si depositada pelo técnico, o jogador foi autor do primeiro golpe da sua jovem carreira, ao fazer uma dobradinha frente a Moçambique, na partida ganha pelos Camarões por 4-1. Até então desconhecido pela maioria de amantes de futebol continental, devido à pouca informação a seu respeito, Etienne Eto'o Pineda era esperado como uma das atracções da competição que se apresta a terminar na Mauritânia.

A selecção camaronesa (apelidada por Leõezinhos Indomáveis) terminou de forma invicta da fase grupos do CAN Sub-20, alcançando vitórias de 1-0 contra a Mauritânia e o Uganda respectivamente, e 4-1 contra Moçambique.
 Entretanto, viu o sonho de lutar pelo segundo título dessa competição esfumar-se, ao ser afastada da corrida nos quartos-de-final pelo combinado nacional do Gana nos quartos-de-final, com quem perdeu por uma bola sem resposta.

Jornaldeangola


Print   Email