Mundo: Premier League vai ser presidida pela primeira vez por uma mulher


Alison Brittain, de 57 anos, entrou, esta terça-feira, para a história ao ser a primeira mulher a presidir a I Liga inglesa de futebol, após ter sido eleita por unanimidade dos 20 clubes para dirigir a Premier League.


"Sou fã de futebol desde a infância e por isso estou absolutamente encantada por ser nomeada presidente da Premier League. O jogo é de enorme importância nacional, é amado por muitas pessoas à volta do mundo e pode ter um tremendo impacto positivo nas comunidades”, disse a dirigente, em comunicado do organismo.

A dirigente assumiu o “verdadeiro privilégio de poder ajudar a desenvolver planos para o futuro”, nomeadamente o de trabalhar para “garantir a sua sustentabilidade e sucesso a longo prazo”.

Brittain vai iniciar funções no início de 2023, substituindo Peter McCormick, presidente interino desde janeiro após a renúncia de Gary Hoffman, depois da reação hostil dos clubes por ter permitido a aquisição do Newcastle por um fundo de investimento público saudita, cujo regime é frequentemente associado a sistemáticas violações dos direitos humanos.

“Alison teve um impacto positivo em todas as organizações em que esteve (...). Ela tem um excelente histórico de negócios, dá vida a projetos com um estilo prático e é respeitada e apreciada em todos os setores em que trabalhou”, elogiou o diretor executivo da Premier League, Richard Masters.

Alison Brittain começou a carreira no setor bancário, sendo posteriormente CEO da Whitbread, um grupo de hotéis e restaurantes.
lusa


Print   Email

         

Mais de 10 anos com os desportistas cabo-verdianos

 

 

 

SUBSCREVER AS NOSSAS NEWSLETTERS

Ao subscrever, tomo conhecimento que as newsletter poderão conter publicidade.
 

SUBSCREVER AS NOSSAS NEWSLETTERS

Ao subscrever, tomo conhecimento que as newsletter poderão conter publicidade.