Andebol: Assembleia-geral elege Tony Teixeira como novo presidente da Federação


O técnico António “Tony” Teixeira, eleito sábado ao cargo de presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol em assembleia-geral ordinária, tem como um dos primeiros desafios, viabilizar a participação da selecção feminina no CAN’2021 nos Camarões.


Tony Teixeira disse que se trata de uma enorme responsabilidade que Cabo Verde tem pela frente, mas que a modalidade terá de estar nesta montra, e que o presidente cessante, Nelson Martins, tem feito de tudo para que o País esteja nesta prova.

Teixeira disse que doravante deixa a função do treinador, para trabalhar para todos os clubes e associações.

O novo presidente da federação nacional da modalidade, que se apresentou na corrida como candidato único da lista única submetida à assembleia-geral, foi eleito por unanimidade das filiais presentes, com os votos favoráveis das associações regionais de Santo Antão, Santiago Norte, Fogo, São Vicente, São Nicolau e da Boa Vista.

As associações regionais de Santiago Sul e Sal não se fizeram representar nesta assembleia-geral que conduziu Tony Teixeira para o comando do andebol cabo-verdiano no próximo quadriénio, substituindo assim o antecessor Nelson Martins que deixa o cargo após ter cumprido um único mandato de quatro anos.

Cabo Verde tem ainda o compromisso internacional de acolher em 2022 o CAN em masculino, depois do andebol fazer história com a participação da selecção masculina no Mundial, realizado no Egipto.

A direcção de Tony Teixeira é constituída ainda por Carlos “Caloca” Alfama que se mantém na vice-presidência, cargo que passa a partilhar com Cristalina Rodrigues e Ângela Almeida.

Valentim Reis assume a presidência da Assembleia-geral, Nair Silva lidera o Conselho Fiscal, Patrick Lopes o Conselho de Disciplina e Adilson Lopes o Conselho de Arbitragem.
SR/DR
Inforpress


Print   Email