Afrobasket 2021: Cabo Verde deverá seguir para o Afrobasket 2021


O Presidente da FIBA África admite que Cabo Verde deverá seguir para o Afrobasket 2021, que vai acontecer em Agosto, no Ruanda. Aníbal Manave avança que os jogos em falta, envolvendo o Uganda, não deverão acontecer, abrindo espaço para Cabo Verde.


Em declarações à Rádio Nacional de Angola, o presidente da FIBA África, Aníbal Manave, diz que os jogos em falta envolvendo o Uganda, a contar para o grupo E de qualificação para o Afrobasket, não vão deverão ser realizados, abrindo espaço para Cabo Verde na competição.

A FIBA-África, diz o seu presidente, lamenta a situação que se abateu sobre o Uganda, mas, deixa entender que foi a própria seleção que não soube se precaver.  De relembrar que membros da seleção testaram positivo para Covid-19.

Mesmo tendo perdido os dois jogos da segunda volta da fase de qualificação, Cabo Verde poderá seguir para o Afrobasket 2021.

A Federação cabo-verdiana de Basquetebol, através do seu presidente, no entanto, alega que ainda não foi informada de qualquer decisão.
RCV


Print   Email