Afrobasket’2021: Cabo Verde sem condições para receber os jogos do torneio de qualificação


O seleccionador nacional de basquetebol admitiu hoje que Cabo Verde não tem “condições actualmente” para receber os jogos da segunda fase do torneio de qualificação para o Afrobasket’2021, prova que permanece o impasse entre Ruanda e Egipto.


Estas declarações à Inforpress foram feitas hoje por Emanuel Trovoada, “Mané” confirmando que realmente o país recebeu o convite, mas que, no entanto, devido à situação pandêmica que se vive, foi recusado, argumentando que não estão reunidas as condições para tal.

Emanuel Trovoada assegurou que ainda não foi decidido o local onde vai ser realizada a segunda fase do torneio, mas adiantou que provavelmente vai ser entre Ruanda e o Egipto e que até ao final do mês terão a confirmação.

“Devem estar a criar as condições, isso porque o torneio engloba um conjunto de testes da covid-19 e é preciso ter vários campos de treinos, local para isolamento de profissionais que estão a trabalhar e entre outras coisas, pois isso traz muitas despesas”, concluiu.

Cabo Verde partilha o Grupo E de qualificação para o Afrobasket, com as equipas nacionais de Marrocos, Egipto e Ruanda.

De acordo com a calendarização, a segunda e decisiva fase de apuramento disputa-se em Fevereiro de 2021, em país ainda por designar, com as mesmas quatro selecções.
DM/SR/ZS
Inforpress


Print   Email