O Vulcânico venceu hoje no estádio 5 de Julho a formação de No Pintcha por 3-1 no jogo a contar para a sexta jornada e mantém a diferença de dois pontos em relação ao líder do regional.


O Vulcânico foi surpreendido pelo No Pintcha logo nos minutos iniciais, tendo esta formação chegado ao golo por intermédio de Luisin aos nove minutos, deixando “desnorteado” os jogadores do Vulcânico que viram a situação a complicar com a expulsão do guarda-redes, Rolando ainda na primeira parte, assim como do delegado ao jogo.
A vitória do Vulcânico e a conquista dos três pontos deve muito à inspiração do seu jogador Victor, o melhor em campo, que mesmo no final do primeiro tempo conseguiu igualar a partida, dando mais ânimo e força para a etapa complementar.
No segundo tempo, o Vulcânico regressou mais concentrado e ainda no primeiro quarto hora e a jogar com menos uma unidade voltou a marcar por intermédio de Victor, numa jogada antecedida de falta que não foi assinalada pelo árbitro. A execução de Victor foi perfeita e colocou Vulcânico em vantagem no marcador.
Antes do final do desafio, o Vulcânico fez o terceiro golo por intermédio de Zé Batatinha, fixando o resultado em 3-1 a favor da equipa de São Filipe.
O No Pintcha podia ter marcado por duas ou três vezes na segunda metade do desafio mas a boa prestações do guarda-redes Lú, evitou que tal acontecesse.
No último jogo da sexta jornada as equipas do Botafogo e de Valencia empataram a um golo. Marcou no primeiro tempo a formação de Valencia, por intermédio de Edy na transformação de uma grande penalidade e o Botafogo restabeleceu a igualdade no segundo tempo, também de penálti que foi convertido por Basy.
Resultado completo da sexta jornada: Spartak 1 – Baxada 1, Académica 3 – ABC 0, Cutelinho 3 – Juventude 1, Vulcânico 3 – No Pintcha 1 e Botafogo 1 – Valencia 1.
Académica lidera com 18 pontos, seguido do Vulcânico com 16 pontos, Botafogo com 13, Cutelinho e No Pintcha com 10, Spartak com 07, Valencia com 05, Baxada com 04, ABC de Patim com 03 e Juventude com zero pontos.
Fonte: Inforpress