O Campeonato do Fogo vai ser o primeiro a arrancar e as equipas  finalizam os preparativos de pré época.


Para quem sobe de divisão as coisas não são fáceis e o Juventude é claro exemplo de falta de apoios e de respeito por parte da associação regional da Ilha, diz Sandro Silva, técnico principal do clube.

Esta manhã o treino arrancou atrasado devido a choque de ideias com outro clube no mesmo meio campo.
A dupla de treinadores Sandro Silva e Zé de Tuné, responsáveis pela  subida, mantêm, assim como grande parte do jovem plantel. Uma média de  vinte anos para uma equipa que quer manter entre os grandes do futebol  do Fogo.

Para o técnico da Juventude o campeonato promete ser mais equilibrado  que nos anos anteriores, pelo equilíbrio de plantel entre os  principais favoritos.
Victor Hugo Fortes