O Vulcânico, campeão regional em título, derrotou este domingo, no estádio 5 de Julho, no jogo do encerramento da sexta jornada, o Valência pela margem mínima, 1-0, e continua na liderança, com seis pontos de vantagens.


No jogo mais importante da jornada, a equipa de Valência teve hipótese de marcar no primeiro tempo e para se colocar em vantagem no marcador, mas Alex, na transformação de uma grande penalidade, permitiu a defesa do guarda-redes do Vulcânico, Molesa, que, aliás, foi a figura do jogo e que por três ou quatro vezes negou golo aos jogadores do Vulcânico.
Já perto do final da primeira parte, que foi muito equilibrada, Ká de Santo Antão, na sequência da marcação rápida de um livre, antecipou os defensores de Valência para, de cabeça, fazer o único golo do desafio e que valeu três pontos e a reposição da vantagem, já que os principais adversários e candidatos ao título, Académica e Botafogo, venceram os seus compromissos no sábado.
A segunda metade foi de fraca qualidade e apenas nos últimos cinco minutos, o Valência voltou a acordar e na sequência de uma série de cantos, os seus jogadores obrigaram o guarda-redes Molesa a aplicar-se para defender pelo menos três remates que levavam selo de golos.
A formação do Vulcânico, a única que ainda não perdeu, soma seis vitórias, em seis jogos, sendo cinco delas pela diferença mínima, 1-0, contra Académica, Botafogo, ABC de Patim, Cutelinho e Valência.
Resultado completo da sexta jornada, ABC de Patim 0 – Botafogo 4, Nova Era 0 – Académica 1, Cutelinho 0 – Spartak 0, Atlético 2 – No Pintcha 2 e Vulcânico 1 – Valência 0.
O Vulcânico lidera. com 18 pontos, seguido de Académica e Botafogo, com 12 pontos, Spartak 11, Nova Era 10, Valência e No Pintcha 07, Atlético 05, Cutelinho 04 e ABC de Patim continua no fundo da tabela, com zero pontos.
Na próxima jornada, o líder recebe o Atlético dos Mosteiros, Spartak defronta ABC, No Pintcha – Nova Era, Valência – Cutelinho, e o derby entre Académica – Botafogo.
Inforpress