A Associação Académica do Fogo derrotou este sábado, no estádio 5 de Julho, o Vulcânico, por uma bola a zero, no jogo a contar para as meias-finais da “Taça Fogo” e vai disputar a final com o vencedor do jogo Spartak – Botafogo.


A Académica que esta temporada sofreu três derrotas frente ao Vulcânico, primeiro para a supertaça (3-4) e depois para o campeonato regional (0-1 no jogo da primeira volta e 1-4 no da segunda volta), entrou mais forte no jogo e o único golo da partida foi apontado por Badjú, aos 29 minutos na sequência de um pontapé de canto.
Na tentativa de fazer um corte, o Ely do Vulcânico acabou fazer um autêntico passe para o seu adversário que rematou para o golo.
Durante o jogo a equipa do Vulcânico reclamou por duas vezes a marcação de grandes penalidades, mas o árbitro David Monteiro assim não entendeu, sendo que a Académica acabou por sair vencedora e consequentemente vai disputar a final da “taça Fogo” em futebol, que conquistou na época passada.
Já o Vulcânico sofreu a sua primeira derrota nas provas regionais, tendo ao todo conquistado 15 vitórias e dois empates até esta partida em que perdeu para Académica e deixou fugir a possibilidade de chegar a fase final da taça.
O outro finalista vai sair do jogo entre Spartak e Botafogo, agendado para domingo, a partir das 16:00 horas no estádio 5 de Julho, na cidade de São Filipe.
Inforpress