O Vulcânico consentiu hoje no estádio 5 de Julho, um empate a um golo frente ao No Pintcha dos Mosteiros, no jogo de encerramento da 12ª jornada do campeonato regional do primeiro escalão do Fogo.


Com a perda de dois pontos nesta ronda, a equipa do Vulcânico, cujo objectivo para esta época é a reconquista do titulo, vê Académica, que venceu no sábado, o Valencia por 2-1, a aumentar para quatro pontos de vantagens, ficando assim a depender apenas dela própria para revalidar o titulo.
Numa primeira parte dominada pelo No Pintcha, esta formação marcou por intermédio de Dé, na sequencia de marcação de um pontapé de canto, e podia ter ampliado por mais duas vezes se não fossem defesas espetaculares do guarda-redes do Vulcânico, que brilhou entre os postes.
Na ponta final do primeiro tempo e depois de duas substituições operadas ainda no decorrer da primeira parte, o Vulcânico apenas incomodou o guarda-redes do No Pintcha numa única ocasião.
A segunda metade foi dominada pelo Vulcânico, com o No Pintcha a espreitar o contra-ataque, mas o máximo que conseguiu fazer, já perto do final da partida, foi a igualdade com o golo ser apontado pelo defesa Branco, depois de uma defesa incompleta do guarda-redes do No Pintcha, nos poucos erros cometidos.
Já a anteceder esta partida o Botafogo recebeu e goleou o Cutelinho dos Mosteiros por 8-0, com quatro golos em cada uma das partes.
Os golos foram apontados por Já (03), Inielson (03), Luisin e Nany, numa partida dominada pelo Botafogo que, apesar de estar a seis pontos da liderança, não desiste da luta pela conquista do titulo regional.
Resultado dos jogos da 12ª jornada, Spartak 1 – ABC Patim 0, Académica 2- Valencia 1 e Desportivo 2 – Nova Era 0, Botafogo 8- Cutelinho 0 e Vulcânico 1- No Pintcha 1.
A classificação é liderada pela Académica com 30 pontos, seguido do Vulcânico (26), Botafogo (24), No Pintcha (23), Spartak (16), Valência (15), Nova Era (13), Desportivo (12), Cutelinho (08) e ABC de Patim (03).
JR/CP
Inforpress