A equipa do Académico 83, campeão em título, goleou hoje no estádio municipal do Maio a sua adversária do Onze Unidos por 4-1 e conquistou a Taça de Djarmai, em futebol.


Segundo o treinador do Académico 83 Fernando Jorge da Graça, a sua equipa esteve melhor no jogo, razão pela qual conseguiu este resultado, que, na sua opinião, foi merecido, pelo esforço feito durante os 90 minutos.

Por isso, sublinhou, esta é mais uma conquista e que dá motivação para vencer o próximo jogo, no término do campeonato, frente ao Barreirense e assim conseguir fazer a dobradinha este ano.

“Era uma final e o único resultado que nos interessava era ganhar e conseguimos e vamos continuar com esta mesma atitude, e na próxima semana vamos querer vencer a partida frente ao Barreirense e fazer a dobradinha conforme estávamos a prever”, afirmou.

Por seu lado, o treinador da turma dos Onze Unidos, Djó di Mariana, disse que a arbitragem teve uma actuação “pouco digna”, o que contribui para a derrota da sua equipa.

“Nós viemos aqui para disputar esta partida, mas com esta arbitragem em que o assistente teve uma atitude que não dignifica o futebol da ilha só podemos dizer que é lamentável esta atitude”, acusou.

Os golos da equipa do Académico 83 foram apontados por Sapata e TiDjone, este último autor de três golos, enquanto o tento de honra da equipa azul foi apontado por Ya nos derradeiros minutos da partida.

A prova começou a disputar-se a 04 de Dezembro, contou pela primeira vez com a participação das sete equipas da 1ª divisão e as qautro da 2ª divisão e culminou com a final de hoje.

Inforpress