O Santana qualificou-se este domingo, pela primeira vez, para a final da Taça Djarmai, em futebol, ao vencer, no Estádio Municipal, o Barreirense, por 2-1, no jogo das meias-finais.



O conjunto de Morrinho garantiu a histórica qualificação na etapa complementar, com uma cambalhota no marcador.

O Barreirense inaugurou o placard aos 19 minutos por intermédio de Zico. Antes do intervalo, Dá empatou o desafio e Toy fez cambolhata no marcador, na segunda parte.

No outro jogo das meias finais, o Onze Unidos ganhou o Académico 83, por 4-3, nos penáltis, depois de uma igualdade 0-0, nos 90 minutos regulamentares.

O Santana vai defrontar o Onze Unidos, na final, agendada para o dia 29 de Abril.

Silva Ramos