A equipa de Figueirense, estreante no campeonato regional da primeira divisão na época desportiva 2018/19, vai defrontar neste sábado, no estádio municipal do Maio, a sua adversária Real Marítimo, na abertura da primeira jornada da taça Djarmai.


Com uma equipa completamente renovada, o Figueirense, campeão regional da segunda divisão de futebol da época passada 2017/18, vai tentar nesta partida conseguir a sua primeira vitória nesta temporada, após ter perdido na semana passada a final da taça dos campeões frente ao Barreirense actual campeão em título.

Conforme o técnico de Figueirense, Alírio Martins, a sua equipa pautou por trabalhar durante a semana para, no jogo deste sábado, embora respeitem o seu adversário, entrarem em campo e fazerem de tudo para levar de vencida a equipa contrária.

Por seu lado, a equipa de Real Marítimo, que também este ano reforçou o seu plantel com alguns atletas vindos da região desportiva de Santiago Norte e Sul, está “motivada” para entrar com pé direito nesta época desportiva, garante a equipa técnica.

Ainda a contar para o grupo B, vão defrontar-se as equipas do Académico 83 e Santa Clara.

No grupo A, encontram-se as equipas de Barreirense, actual campeão em título, Mira-Mar, Santana e Beira-Mar, enquanto que no grupo C fazem parte as restantes equipas, quais sejam Onze Unidos, Morrerense, Académica do Maio e Cruzeiro, este último que ainda não confirmou a sua participação nesta prova.

Os jogos do torneio da taça Djarmai vão decorrer no sábado e domingo à tarde, assim como nas manhãs de domingo, devido ao facto de existir na ilha apenas um único campo relvado, algo que não preocupa o presidente da Associação Regional de Futebol do Maio (ARFM), Odílio Neves, que advoga estar ciente desta situação.

No entanto, sublinhou que a ilha está “bem servida” em termos de campos de treino, visto que, em praticamente todas as localidades, existe um campo de terra batida para treino, algo que tem possibilitado as equipas fazerem os seus treinos sem terem de se deslocar ao estádio municipal.

Inforpress