O Académico 83 venceu o Barreirense, por 5-3, no desempate por grandes penalidades, no estádio municipal do Maio, após 0-0 no tempo regulamentar, e sagrou-se campeão do Torneio de Abertura  Eugénio Barros.


A equipa do Académico 83 fez assim a sua terceira conquista neste inicio da temporada futebolística.

 Segundo Lobo, o treinador do Académico 83, o Academico 83 entrou determinado para levar de vencida a sua adversária, porque "estavam preparados para este embate", embora,  reconhecendo o potencial  da equipa adversária.

Conforme frisou "a ambição da sua equipa é revalidar o título de campeão do Maio e conquistar todas as provas regionais".

Por seu lado, o jogador do Academico 83 Tavinho enalteceu o bom momento da equipa, mas chamou atenção para as questões da situação do estádio municipal, alertando para a necessidade de um balneário, que dê dignidade aos atletas, assim com um relvado de melhor qualidade, visto que o actual já carece de substituição.

No mesmo sentido, salientou que preciso “mais atenção” aos jovens jogadores da ilha, visto que neste momento tem se dado primazia aos jogadores vindos de outras ilhas, ignorando a capacidade local.

Silva Ramos