A Escola de iniciação ao futebol “Djarmai” pretende formar uma nova geração de futebolistas e, num futuro próximo, criar uma equipa para participar no campeonato regional da segunda divisão, disse o treinador Laurindo Mendes.


Em conversa com a Inforpress, o treinador da Escola de iniciação ao futebol “Djarmai” explicou que o objectivo da criação da agremiação é formar novos atletas capazes de representar tanto a escola bem como as equipas maienses que venham fazer parte no futuro.
É que segundo este responsável, na ilha do Maio existe carência de atletas, razão pela qual algumas equipas sentem necessidade de buscar os futebolistas na ilha de Santiago.

“Este ano, pretendemos participar no campeonato sub-17 e, futuramente, formar uma equipa que venha participar no campeonato da segunda divisão”, fez saber Laurindo Mendes.
A Escola “Djarmai”, fundada a 13 de Março de 2014, tem vindo a receber alunos com idade compreendida entre os nove e os 17 anos e, actualmente, conta com cerca de 80 atletas, que todos os domingos treinam no estádio municipal.
Laurindo Mendes salienta que, nesse pouco tempo de existência, já começaram a apontar jovens talentos na escola, apesar das dificuldades que deparam no dia-a-dia, nomeadamente a falta de materiais e de espaço para treinos.
No entanto, mostra-se esperançado que, futuramente, as condições venham a melhorar e que da escola “Djarmai” sairão “grandes atletas” capazes de aventurarem no futebol fora da ilha e quiçá, do país.
“A ilha tem jovens com muito talento, mas é preciso que se faça o trabalho de base, aliás este é o nosso prepósito”, lembrou.
Laurindo Mendes avançou ainda que a escola está aberta para intercâmbios de amizade com outras organizações congéneres do país, por forma a se criar mais competição e laços de amizade entre os atletas, pelo que disse esperar que até o próximo Verão isso venha a acontecer.
Fonte: Inforpress