Polémica instalada no regional de Santiago Norte.


O Scorpion conseguiu arrecadar 3 pontos junto do Conselho Jurisdicional da Associação Regional de Futebol de Santiago Norte, devido a um jogo da 19ª jornada contestado pelo clube com o Desportivo de Santa Cruz, onde alegou que esta equipa jogou com um atleta em situação irregular.

Com os 3 pontos conseguidos na secretaria e mais 3 pontos com o ‘cover’ marcado frente ao São Lourenço no jogo da 26ª e última jornada da prova o clube de Santa Cruz somou 64 pontos e celebrou o título de campeão regional de Santiago Norte.

Quem também celebrou o título foi o Varandinha. Ao vencer, em campo, o Grémio de Nhagar, por 1-0, o clube de Tarrafal somou  62 pontos e mesmo com a decisão do Conselho Jurisdicional, festejou o título de campeão.

Insatisfeito com a decisão do Conselho Jurisdicional de Santiago Norte, o Varandinha, na certeza de que é o justo e legal vencedor do campeonato, recorreu ao Conselho de Justiça da Federação Cabo-verdiana de Futebol.

Com o recurso do Varandinha, o vencedor de Santiago Norte corre o risco de não participar na primeira jornada do campeonato nacional, que arranca no dia 14.