O campeonato regional de futebol do interior da ilha de Santiago está em risco devido a dívidas da associação por liquidar, da época desportiva 2015/2016, com os árbitros, disse hoje o presidente da associação, João da Veiga.


Durante a assembleia-geral ordinária realizada no salão nobre da Câmara Municipal de São Miguel, com a discussão e aprovação do relatório de actividades da época passada e a apresentação, discussão e aprovação do orçamento em agenda, João da Veiga disse que o balanço geral é positivo.
"Conseguimos realizar o campeonato que é a principal actividade da associação, realizamos o campeonato sénior da primeira e segunda divisões, realizamos os campeonatos sub-16 e sub-17 e ainda um mini campeonato de futebol feminino, por isso o objectivo geral foi cumprido", disse.
No campo financeiro, o presidente da associação afirmou que o objectivo não foi cumprido, pois, as câmaras municipais não concretizaram as promessas de ajuda financeiro, por isso a associação ficou em dívida para com os árbitros, que dirigiram as partidas por “boa vontade".
Segundo o dirigente, este ano não vão arrancar com o campeonato 2016/17 se as entidades não cumprirem com a sua parte.
"Sinceramente, não vamos começar com o campeonato, porque temos dívida do ano passado, por isso não vale a pena começar e fazer mais dívidas. O campeonato esteve em risco de terminar, quer dizer que também, está em risco de iniciar, porque também temos dívidas que os clubes têm para com a associação", frisou.
Conforme explicou, sendo Santiago Norte uma região grande, e uma vez que o campeonato da primeira divisão foi realizado em 26 jornadas, para além da prova no segundo escalão, o orçamento rondava um milhão de escudos e a dívida a liquidar ronda o mesmo montante.
Caso as câmaras municipais cumprirem com as suas promessas, João da Veiga disse que vão liquidar as dívidas junto dos árbitros e assim iniciar a nova época futebolística no dia 15 de Outubro, com a participação de 12 clubes, na primeira divisão, e 10, na segunda divisão.
João da Veiga chama atenção aos clubes para efectuarem as inscrições para que possam cumprir com o calendário.
Para esta época, a associação pretende lançar um novo projecto de campeonato de futsal, iniciado com um escalão inferior com os alunos do ensino secundário dos 10 liceus de Santiago Norte.
Fonte: Inforpress