A equipa da Académica da Praia venceu esta quinta-feira o Bairro, por 2-1, no jogo que abriu a nona jornada do campeonato regional de Santiago Sul, disputado no Estádio da Várzea.


Com este trunfo, a equipa negra da capital passa a somar 18 pontos, com menos dois jogos, enquanto que a formação canarina fica com oito pontos.
Na outra partida, o Tira Chapéu venceu os Travadores por 3-1, confirmado assim a má época que a equipa encarnada, que em oito jornadas, conseguiu duas vitórias, três derrotas e quatro empates.
A nova jornada prossegue hoje, com o Celtic, líder isolado, com 22 pontos, que, mesmo em caso de derrota, é campeão de 2017,a jogar com o Sporting da Praia, com 17 pontos, que vai continuar abaixo da equipa de Gildo Ribeiro, mesmo vencendo a partida.
No outro jogo, o Tchadense, na sexta posição, com 10 pontos, terá pela frente a formação do Ribeira Grande, que ocupa a décima posição, com quatro pontos.
Já no sábado, 30, o lanterna vermelho Eugénio Lima, com apenas três pontos, defronta o Boavista, na terceira posição, com 16 pontos.
Esta nona jornada fecha com o confronto entre o Benfica, no nono posto, com seis pontos, e o Desportivo da Praia, que está no sétimo lugar, com 10 pontos.
No entanto, a Associação Regional de Futebol de Santiago Sul (ARFSS) agendou, para 03 de Janeiro próximo, a realização do jogo em atraso referente à primeira jornada, entre as equipas da Académica e Tira Chapéu.
Segunda classificada da prova, com 18 pontos e menos dois jogos, a Académica defronta a penúltima posicionada, a recém-promovida formação do Tira Chapéu (07 pontos) , para o acerto do calendário, já que na jornada inaugural havia o impasse quanto à equipa a substituir a formação do Varanda (desistiu da prova), na primeira divisão.
O Celtic lidera, destacado na prova, com 22 pontos, resultado de sete vitórias e um empate ao cabo de oito jornadas.
A ARFSS agenda este embate num período em que os árbitros cancelaram a realização de dois jogos, envolvendo o Boavista e o Desportivo da Praia, alegando pressões e ameaças por parte de alguns treinadores e dirigentes dos clubes.
Assim, a Académica já conta com dois jogos em atraso, ao passo que as agremiações do Boavista, Desportivo da Praia, Tira Chapéu e Eugénio Lima registam um jogo em atraso, cada.
Para esta mesma data, 03, a ARFSS marcou a realização do jogo a contar para a Taça Praia entre as formações dos Travadores e Vila Nova, a ser disputado no Estádio da Várzea.
Inforpress