A Associação de Futebol da Região Desportiva Norte de Santo Antão e os clubes nela filiados reivindicaram hoje, em comunicado, a cobertura das suas actividades por parte da rádio e da televisão públicas.


“A nossa ilha tem dado um grande contributo ao desporto nacional e merecemos mais respeito”, lê-se no documento assinado pelos representantes de todos os clubes filiados na associação.
“Na nossa região desportiva não existe cobertura de rádio, e a televisão aparece de vez em quando e, mesmo assim, a cobertura é fraca”, precisaram os clubes.
No documento enviado ao administrador da Radiotelevisão Cabo-verdiana (RTC), com conhecimento ao ministro que tutela o Desporto, ao director-geral dos Desportos e a outras autoridades ligadas ao sector, os signatários pedem o destacamento de “pessoal e profissionais abalizados” afectos à instituição, de modo a dar cobertura mediática às actividades desportivas nesta região.
A associação justifica a necessidade de cobertura com a apresentação de um rol de 10 actividades e competições implementadas durante a época desportiva que, de outra forma, ficam sem a divulgação que os desportistas locais consideram necessária.
Fonte: Inforpress