A equipa do Rosariense venceu hoje a formação da União Desportiva de Janela, por 4-2, na segunda meia-final da Taça Regional de Santo Antão Norte e apurou-se para a final da competição.


Janela adiantou-se no marcador aos 15 minutos de jogo, por intermédio de Josué, mas o Rosariense empatou aos 25 minutos, com golo de Fubú, e aos 31 minutos foi a vez de Nuno protagonizar a cambalhota no marcador ao marcar, de penalti, o segundo golo do Rosariense.
A formação de Janela ainda repôs a igualdade, aos 43 minutos, por intermédio de Ravy, que só teve de encostar o pé para desviar a trajectória da bola para o fundo das redes do Rosariense, aproveitando assim uma “oferta” do lateral esquerdo da formação de Nossa Senhora do Rosário.
As equipas entraram para a segunda parte com o placard marcando 2-2 e o resultado foi-se mantendo até aos 79 minutos altura em que, na sequência da marcação de um livre directo favorável ao Rosariense, David tentou a defesa com um golpe de cabeça mas falhou e marcou na própria baliza.
Nuno fechou as contas da partida ao marcar pela segunda vez a partir da marca de grande penalidade, aos 79 minutos, e consumou a goleada.
Assim, 4-2 foi o resultado final e o Rosariense vai disputar a final da competição com o Foguetões que, na primeira meia-final, disputada na tarde de sábado, venceu o Santo Crucifixo por 1-0, e carimbou o passaporte para a final da prova, marcada para 24 de Março.
O golo do Foguetões só surgiu no período de descontos, após 120 minutos de jogo, por intermédio de Kelily, que aproveitou um erro clamoroso da defensiva do Santo Crucifixo, isolou-se, fintou o guarda-redes ficou sozinho frente à baliza deserta e atirou a contar.
Foi um jogo sem história, em que mais parecia que as equipas estavam apenas interessadas em “não perder” do que em ganhar a partida e, não fosse o erro da linha defensiva do Santo Crucifixo, a partida teria ido para o desempate a partir da marca das grandes penalidades.
Inforpress