O presidente da Associação Regional de Futebol de Santo Antão – Sul, Fernando Lima, lamentou, hoje, a “desistência de última de hora” da equipa do Tarrafal de participar nas competições oficiais nesta região, na temporada 2017/2018,.


A equipa do Tarrafal, que já na época passada havia ficado de fora das provas por dificuldades financeiras, volta a desistir, desta feita por problemas de organização, segundo líder associativo.
O presidente do clube, Jailson Carvalho, que é professor de profissão, acaba de ser transferido para São Vicente, facto que criou um vazio directivo nesta agremiação desportiva, que o impede de participar nas competições na temporada 2017/2018.
Numa comunicação feita à Associação Regional de Futebol em Santo Antão – Sul, o presidente do Tarrafal referiu-se à indisponibilidade dos outros dirigentes em liderar o clube nesta fase, razão pela qual a equipa do Tarrafal de Monte Trigo fica, pela segunda época consecutiva, fora das competições.
Tarrafal junta-se assim às equipas do Lajedos, vice-campeão época transacta, e do Santo André que tinham já decidido ficar de fora das provas, esta temporada.
Com isso, são seis os clubes – Académica, Inter, Fiorentina, Marítimo, Sanjoanense e Sporting –  que continuam com as inscrições para a época 2017/2018, que arranca, nesta região, a 04 de Novembro, com a disputa da Supertaça.
Uma assembleia-geral dos clubes que deveria realizar-se este sábado, para o sorteio das provas e aprovação do plano de actividades e orçamento para a temporada 2017/2018, foi cancelada por falta de quórum.
Mesmo com esses contratempos, o líder associativo perspectiva uma época tranquila em Santo Antão Sul.
Inforpress