O Club Sport Marítimo da Madeira, Portugal, lamentou, hoje, a morte de António Maurício Duarte que, desde 2008, presidia ao Marítimo do Porto Novo, Cabo Verde, dois clubes que possuem relações de amizade e cooperação, desde 1997.


“Figura ímpar do desporto daquele país (Cabo Verde), António Duarte tinha, também, o Marítimo da Madeira no coração. Laços que se estreitaram quando da vinda do líder cabo-verdiano à Madeira, há poucos anos”, escreveu José Carlos Pereira, presidente do Club Sport Marítimo, em mensagem endereçada ao clube santantonense.
Antónino Maurício Durante faleceu, sexta-feira, aos 47 anos, em Lisboa, vitima de doença prologada.
António Maurício, que conquistou um campeonato e duas taças Porto Novo à frente do Marítimo do Porto Novo, tinha-se deslocado, em Dezembro, a Portugal para tratamento médico, mas acabou por falecer, facto que consternou a comunidade desportiva santantonense.
Este fim-de-semana, em que se disputou a segunda jornada da taça Porto Novo, foi observado um minuto silêncio em memória ao presidente do Marítimo.
Na próxima jornada do campeonato, os clubes voltarão a observar um minuto de silêncio em honra ao falecido presidente do clube maritimista.
O Clube Sportivo Marítimo do Porto Novo, fundado em 1979, é filial da congénere madeirense há duas décadas.
inforpress