O Clube Desportivo Falcões do Norte discorda da classificação final do campeonato de futebol de São Vicente da 2ª divisão e deu entrada na associação de um protesto em que solicita a não homologação da prova.


Sem tornar público o teor do protesto, o presidente da direcção do clube de Chã de Alecrim, João Dias, considerou que em causa está a classificação do segundo lugar do campeonato e a definição da equipa que vai disputar o acesso à 1ª divisão com a Académica do Mindelo.
É que, para os Falcões do Norte, considerando que houve uma igualdade pontual entre esta equipa e a do Ponta d’Pom no segundo lugar, 16 pontos, e por “não existir um regulamento que especifique cabalmente quais os critérios de desempate”, veio o clube solicitar a não homologação da prova.
A Inforpress tentou um contacto com a Associação de Futebol de São Vicente (AFSV), mas tal não se concretizou.
A associação, por seu lado, já marcou para este sábado, às 14:00, o jogo da primeira mão da eliminatória de acesso à 1ª divisão entre a Académica, penúltima classificada da 1ª divisão, e o Ponta de Pom.
O campeonato de futebol de São Vicente da 2ª divisão foi concluído no último fim-de-semana com o Corinthians a sagrar-se campeão e promovido à 1ª divisão, sendo que Ponta de Pom e Falcões do Norte concluíram a prova com os mesmos 16 pontos, no segundo lugar.
Inforpress