Nascido no dia 06 de Setembro de 1961, em São Tomé e Príncipe, José Joana Cecília Colito, mais conhecido por Djobla, aquele que viria a ser craque da Seleção nacional nos finais da década de 80, princípios da de 90, chegou a Cabo Verde aos onze meses.


Um jogador muito técnico, de muita classe e elegância dentro das quatro linhas, um dos melhores jogadores já passou pelos campos de Cabo Verde, foi várias internacional pela seleção Nacional.

De 1978 a 1988 jogou como defesa central e médio centro no Amarante, Falcões do Norte (apenas dois jogos), Mindelense e Derby, onde precocemente encerrou a curta carreira devido a uma lesão grave.

A célebre lesão que aconteceu num jogo particular com o Maxaquene, de Moçambique, no Estádio da Fontinha, afastou o então craque do futebol de uma carreira que ainda muito tinha para oferecer aos amantes do futebol.

O jogador que chegou a ser descrito pelo conceituado jornalista do Voz di Povo, Di Santo, como o homem que não sabia jogar mal, um “malabarista” da bola, fez parte da equipa do Mindelense que, em 1983, venceu a 1ª Edição da Taça de Cabo Verde, após vitória de 1-0 sobre o Morabeza da Brava.

Para chegar á final o Mindelense recebeu e venceu no Estádio da Fontinha, os Travadores da Praia  por 3-1 nas grandes penalidades, após um empate a duas bolas durante o tempo regulamentar.

Uma forte equipa do Mindelense da qual faziam parte, de entre outros, ainda, Mané Preto, Gagá, Mané Djodje, Almara, Baessa, Lili, Sidónio, Nhonháss, Bily, Bana, Jorge Rodrigues e Cadino.

Dois anos antes, em 1981, tinha conquistado o campeonato de Cabo Verde com os Leões da Rua de Praia.

No seu palmares tem ainda dois campeão de Inter Ilhas em representação da seleção de São Vicente, 1985 e 1986. 

Sagrou-se ainda Campeão Regional de São Vicente em 80, 81, 82 pelo Mindelense e em 86 e 87 pelo Derby.

Uma grande referência do futebol cabo-verdiano, Djobla, foi homenageado pela Associação Regional de São Vicente na edição de 2016 da Supertaça da Ilha, que colocou frente-a-frente, no Estádio Adérito Sena, as formações do Mindelense e do Salamansa, jogo ganho pelo Mindelense por 3-1.
ADP
CrioloSports