Nascido a 30 de Abril de 1967, em Chã de Alecrim, São Vicente,  Anibal Manuel Soares Do Rosário, conhecido por Finga,  estreou-se nos Falcões do Norte em 1985, com 18 anos de Idade.


Representou ainda o Mindelense, Derby e Batuque, todos clubes da Ilha de Monte Cara.

Um antigo líbero, raramente batido em lances de um contra um e com muita técnica na primeira fase de construção de jogos, conquistou algumas Taças de São Vicente.

Conquistou torneios de Abertura em todas as equipas que representou.

No seu palmares tem ainda campeão de São Vicente pelo Mindelense e Batuque.

Foi considerado algumas vezes melhor central de São Vicente, e uma vez melhor jogador do campeonato juntamente com Punês.

Representou a Seleção de São Vicente,  vencedor do mini inter ilhas enquadrado nas festividades de nho São Filipe na ilha do Fogo, vencendo na final o Sal por 2-1, na Época de 1999/2000.

Pela Seleção de São Vicente esteve ainda presente na Taça independência em Santo Antão na mesma época, vencido pela seleção de Santiago.

Foi chamado para representar a Seleção de Cabo Verde em várias ocasiões.

Em Pé: Hélder Cruz, José 'Zé Piguita' Barros, Simão Tavares Semedo 'Lemos', Nelson 'Tchulas' Oliveira, Celestino Mascarenhas, Mário Semedo, Doutor Fernando Almeida, Tony, Finga, Amílcar Delgado, Hermes Cruz e Manuel Antônio Mendes 'Camelo'
Sentados: José Pedro Tavares 'Loloti', Humberto Gomes do Rosário 'Bobs', Anselmo 'Jair' Ribeiro, Polidio 'Pú' Brito, Carlos 'Caló' Morais, Mister Oscar Duarte, Eduardo 'Vargas' Fernandes, Artur Jorge Vicente, Paulo Adilson Cruz 'Dixinha' e Pedro 'Bubista' Brito.

Fez parte da Seleção na histórica conquista da Taça Amilcar Cabral em 2000.

Cabo Verde, que em 1979 estreou-se na primeira edição da prova, conseguiu conquistar o título que perseguia por quase 21 anos, ao vencer a Seleção do Senegal por 1-0 no jogo da final, disputado no Estádio da Várzea, com golo do ponta de lança e capitão Toy de Sal.

Participou ainda na eliminatória para o Mundial de 2002.

Podia ter tido uma melhor carreira como jogador. Mas lesões não o deixou.

De entre outras pequenas lesões, sofreu duas fraturas da tibia/perónio,  uma fratura do maxilar.

“Mas não me queixo, é a vida”, diz.

No inicio dos anos 90, foi treinador jogador dos Falcões do Norte  e treinador principal em 2001 e 2002.

Treinou ainda o Derby no torneio de abertura em que sagrou Vice-Campeão. Por motivos profissionais não foi possivel comandar a equipa no campeonato.

Foi treinador adjunto de Bubista na Académica do Mindelo que sagrou-se  campeã em campo, na época 2017, mas perdeu na secretaría por alegada má inscrição de um jogador, o Guarda  Redes Ken.
 
Vive atualmente em São Vicente e é funcionário dos estaleiros navais da Cabnave.

ADP

CrioloSports