O jovem tenista português Gonçalo Andrade conquistou hoje a 1ª edição do Open Mindelo em ténis ao derrotar na final o cabo-verdiano Rui Lima por 2-1 com os parciais de 2-6, 6-3 e 6-2.


Com efeito, Rui Lima entrou melhor no jogo da final e facilmente venceu a primeira partida por 6-2, mas Gonçalo Andrade recuperou, operou o volta-face e inscreveu o seu nome como o primeiro vencedor do Open Mindelo.
O pódio desta primeira edição foi completado pelo tenista mindelense Eduino Oliveira, que conquistou o terceiro lugar, ao derrotar Lourenço dos Reis por 2-0, no jogo de apuramento do 3º classificado, com os parciais de 6-4 e 7-5.
A prova decorreu nos dois courts de ténis da ilha de São Vicente – Castilho e Clube Mindelo – e envolveu 16 tenistas, três de Portugal, dos quais dois filhos de cabo-verdianos, sete de São Vicente, dois da Cidade da Praia, dois de Santo Antão e dois da ilha do Sal.
Na fase de grupos, os tenistas foram divididos em quatro grupos de quatro tenistas cada, seguindo os quartos de final, as meias-finais e a final, disputada hoje, e que consagrou Gonçalo Andrade.
A organização pertenceu à Federação Cabo-verdiana de Ténis e o seu presidente, José Almada Dias, enalteceu o “apoio fundamental” do Governo para a concretização de uma prova que, admitiu, “veio para ficar”.
Para a segunda edição, no próximo ano, será feita uma investida, segundo a mesma fonte, para trazer tenista de todos os países da Comunidade de Língua Portuguesa (CPLP).
Inforpress