Cabo Verde assinalou esta sexta-feira a sua estreia no Beach Ténis com três vitórias e duas derrotas, com a sua equipa mista nos I Jogos Africanos de Praia, resultados que deixam “reconfortável” a seleccionadora nacional Ana Noro.


Cabo Verde apesentou uma equipa jovem e teve a sua estreia absoluta com uma derrota consentida diante da selecção nacional masculina das ilhas Maurícias, mas logo na segunda partida venceu uma dupla argelina por dois “sets” a um pelos parciais da 6-3, 7-6 e 6-4.
Nos pares femininos a dupla Sílvia Nascimento/Jocelene Fernandes entraram a ganhar ante a selecção da Argélia, para a dupla masculina composta por Anderson Neves/Paulo Delgado serem derrotados pela Argélia por 2-0.
Cabo Verde encerrou a sua entrada nos I Jogos Africanos de Praia no Beach Ténis com uma vitória do par misto Gildo/Silvia sobre uma dupla argelina por dois “sets” a zero, com os parciais de 6-1, 6-4.
Ana Nora enalteceu o facto dos atletas cabo-verdianos participarem pela primeira vez numa prova internacional a nível de beach ténis e espera alcançar mais vitórias nos próximos jogos.
Os atletas mostraram-se satisfeitos com os primeiros resultados e pela experiência que vêm ganhando nestes jogos e prometem novos e melhores resultados durante as próximas etapas.
Os I Jogos Africanos de Praia estão projectados como o maior acontecimento desportivo de sempre realizado em Cabo Verde na qualidade de país anfitrião, o arquipélago  irá fazer a sua participação em todas as modalidades em competição.
Sob a égide da Associação de Comité Olímpicos Nacionais Africanos (ACNOA), os Jogos Africanos de Praia Sal 2019, contemplam 11 modalidades ligadas ao mar,  atletismo, basquetebol 3×3, andebol de praia, ténis de praia, futebol de praia, remo no mar, futebol Freestyle, karaté kata, kitesurf, e natação em águas abertas num universo de 42 países.
Estima-se que estejam no país cerca de duas mil pessoas ligadas aos jogos, que principiaram esta sexta-feira, entre 650 atletas, dirigentes e respectivas comitivas, bem como jornalistas de vários países.
Inforpress