O Desportivo da Praia inicia hoje, no Polidesportivo dos Espargos, Ilha do Sal, a defesa  do título de campeão nacional em andebol sénior masculino, defrontando Académica local, em jogo referente à primeira jornada do Grupo C.


No mesmo dia, para o Grupo A, Madrugadores (Santo Antão) defrontam   a Académica (Boa Vista),  enquanto  que para  Grupo B Seven Stars (Santiago Sul)  joga  com o Atlético (São Vicente)o, equipa campeã de São Vicente.
A prova masculina, que decorre até sábado, 02 de Junho, vai contar com as participações do Desportivo da Praia e Seven Stars (Santiago Sul), Madrugadores (Santo Antão), Kapa Kobra (Fogo), Picos (Santiago Norte), Morreirense (Maio), Académica (Sal),   Atlético (São Vicente) e Académica da Boa Vista.
De acordo com o sorteio realizado este fim-de-semana pela Federação Cabo-verdiana de Andebol (FCA), Madrugadores (Santo Antão), Morreirense (Maio), Académica (Boa Vista) integram o Grupo A.
O Grupo B é constituído pelas formações   do Seven Stars (Santiago Sul), Picos (Santiago Norte) e o Atlético (São Vicente), ao passo que o Grupo junta as equipas do Desportivo da Praia (Santiago Sul), Académica do Sal e Kapa Kobra (Fogo)
Passam às meias-finais o primeiro classificado de cada grupo e o melhor segundo, de acordo com o regulamento competitivo da prova
O Desportivo da Praia participa no campeonato de Cabo Verde em sénior masculino como defensor do título nacional, enquanto o Seven Stars como segundo classificado de Santiago Sul, uma vez que os militares foram os vencedores do campeonato nesta região desportiva.
Na prova feminina, que vai a acontecer de 05 a 09 de Junho, no Mindelo, São Vicente, vão marcar presença as equipas de Super Estrelas (Santo Antão), Palmeira (Sal), ABC e Garridos (Santiago Sul), Amarante (São Vicente) e Picos (Santiago Norte).
A mesma situação acontece no escalão feminino, com o ABC a participar como campeã nacional do regional de Santiago Sul, permitindo assim a participação dos Garridos, que ficou na segunda posição.
A novidade deste ano, segundo o presidente da FCA, Nelson Martins, é o estabelecimento de um “ranking” das equipas, o que permite às formações arredadas das meias-finais a continuar na prova para definição de uma classificação final.
Essa lista, segundo o presidente federativo, pode influenciar em próximos campeonatos nacionais em caso de desistências.
Inforpress