A introdução da Taça de Cabo Verde e do inter-lhas a nível das selecções constitui a principal novidade do plano de actividades da Federação Cabo-verdiana de Andebol (FCA) para o ano 2016.


A informação foi avançada hoje à Inforpress pelo presidente da FCA, José Eduardo dos Santos, ao fazer o balanço da reunião da Assembleia Geral, que aconteceu este fim-de-semana na Cidade da Praia.

O dirigente federativo adiantou, no entanto, que a realização dessas duas competições fica dependente do contrato programa a ser assinado no próximo ano com o Governo.

No entanto, prometeu que independentemente disso, a FCA vai envidar esforços para a materialização dessas competições no andebol cabo-verdiano.

Instado a fazer um balanço da última época desportiva, José Eduardo dos Santos disse que “foi positivo” em termos de resultados desportivos e destacou a introdução do plano de formação em mini-andebol em todas as ilhas.

A Assembleia Geral da FCA aprovou a contas gerências de 2014, o relatório financeiro de 2015 e fez o “reajuste” da equipa federativa no Conselho Nacional de Arbitragem.
Fonte: Inforpress