A Federação Internacional de Andebol (IHF) decidiu adiar o torneio ‘Challenge Trophy’, que estava agendada para 24 a 28 do corrente mês, no Mali, “evitando assim a concentração das selecções”, devido ao novo coronavírus (Covid-19).


O presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol (FCA), Nelson Martins, declarou que Cabo Verde recebeu a notícia do adiamento da competição “com naturalidade, sem nenhuma surpresa”, tendo em conta o desenrolar da situação da pandemia nos últimos dias, com todas as medidas de prevenção que estão a ser tomadas.
“Com todas as medidas que estão a ser tomadas, quer a nível nacional, quer a nível internacional, já estava à espera de que isso ia acontecer”, frisou Nelson Martins, a Inforpress.
Realçou que a FCA adiou a concentração de sábado para terça-feira, precisamente para aguardar a chegada da decisão da IHF, acreditando que o adiamento ia acontecer.
Explicou que a entidade organizadora do ‘Challenge Trophy’ decidiu adiar o torneio em função da “rápida evolução” da situação do Covid-19, evitando assim a concentração de pessoas.
Nelson Martins informou que ainda não há uma data prevista para a realização do torneio.
“Compreendendo que a saúde e a segurança dos atletas é de extrema importância para todos, a IHF lamenta quaisquer transtornos causados e está, junto com a Federação de Mali, a estudar uma nova data para a prova”, concretizou.
O ‘Trophy Challenge’, edição 2020, estava calendarizado para ser disputado de 24 a 28 do corrente, no Mali, prova na qual Cabo Verde estava inscrito com as selecções nacionais de sub-17 e sub-19 masculina.
CG/SR//AA
Inforpress